Todo dia um olhar, uma foto, um lugar. Por que viajar é nosso único patrimônio.

As pegadas que não existem mais

 

 

 

lençóis (137)

Sempre o vento que movimenta a areia, apagando as marcas que deixei. Lençóis Maranhenses – Brasil, março de 2011.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s