Todo dia um olhar, uma foto, um lugar. Por que viajar é nosso único patrimônio.

Nos Mares

O mar e as montanhas

 

 

atalhomangue (13)

Meu caminho é feito de montanhas, florestas, mangues e o mar. Ilha do Jorge – Angra dos Reis – Rio de Janeiro – Brasil. junho 2013


Todas as cores

 

 

DSCF8038

Em dias assim sem vento, o mar se faz espelho para refletir outras cores, outras belezas.
Praia do Recife – Ilha do Jorge – Angra dos Reis – RJ – Brasil, junho de 2013


Manhãs de sol

 

 

parati (8)

  Deixe o sol se levantar, mais esse dia, e se for para dizer adeus aguarde o entardecer. Paraty – Rio de Janeiro – Brasil, maio de 2013.


Tudo muda

 

 

sitioforte (10)Só o destino do sol é o mesmo.  Ilha Grande – Brasil, maio de 2013.


Χρόνια Πολλά

Ithaca (48)

Os moinhos de vento, na ilha de Ulisses.
A saudade do que ainda está por vir! – Kioni – Ithaca – Grécia. agosto de 2011.


Meu caminho é para o mar

ilhadojorge (16)

Ilha do Jorge -  Angra dos Reis – Brasil, maio de 2013.


As cores de abril

 

 

piccola (3)[15]

“ Olha quanta beleza
Tudo é pura visão
E a natureza transforma a vida em canção
Sou eu, o poeta, quem diz
Vai e canta, meu irmão
Ser feliz é viver morto de paixão. ” – Vinicius de Moraes 
Marina Piccola – Bracuhy – Rio de Janeiro  – Brasil, abril de 2013.


As cores da manhã

 

 

sitioforte (3)

Esse é um lugar que sempre supreende ao amanhecer. Sítio Forte – Ilha grande – Brasil, abril de 2013.


Um sopro

 

 

sitioforte (1)[6]

Leves brisas de outono. Enseada do Sítio Forte – Ilha Grande – Brasil. março de 2013.


Porto de Vathi

Vathi

É estreito e abrigado, cercado de montanhas altissimas cobertas de oliveiras. Vathi – Ithaca – Grécia, setembro de 2007


Ruínas

 

DSC00945
O Portal do Castelo da  festa da Regata Brindisi / Corfu. Kerkira – Grécia, junho de 2005.


1802

 

 

freguesiasantana (3)

Desde então existe a interferência humana em Freguesia de Santana. Ilha Grande – Angra dos Reis – Brasil. março de 2013.


Adeus diário

 

 

abraão (2)

Mais que tranquilidade e beleza, a paz de viver no paraíso escolhido. Praia Cremona, Abraão, Ilha Grande – Brasil. março de 2013.


Uma pequena homenagem

 

 

YahganAquarela02

Obrigada sempre!! – Barra do riacho – Espirito Santo – Brasil, março de 2003.


Se a canoa não virar

 

sapinho (18)
Uma canoa, uns coqueiros, água mansa, nem precisa mais.
Sapinha – Baia de Camamu – Bahia – Brasil, janeiro de 2013.


Odoyá

meganisis (21)

Faça sol, chuva ou vento vou molhar os pés e a alma nas águas de Iemanjá! – Meganisis – Grécia, agosto de 2011.


Águas calmas

 

bracuhy (8)
As vezes acontece de cair da cama, e ter essa paisagem na janela.
Marina Bracuhy – Angra dos Reis – RJ – Brasil, outubro de 2012.


Ciranda

 

 

sapinho (9)
Gira o sol, gira as horas e as crianças. Sapinho, Baia de Camamu – Bahia – Brasil, janeiro de 2009.


Paliteiro

 

 

DSCN6426
O mundo se move sobre as águas. Venezia – Itália, setembro de 2011.


Como uma promessa

 

 

 

lefkas (49)

O desenho refletindo o desejo … de navegar. Lefkadas – Grécia, agosto de 2011.


Reflexo

 

 

miami beach (2)

Do amplexo nas cores do Arcobaleno. Miami,  julho de 2012.


Fim da tarde

 

miami (16)
A Terra cora … Miami – USA, julho de 2012.


Tudo azul

azulbaiano (5)

Assim, exatamente desse tom azul são as águas da Bahia, Morro de São Paulo – Brasil, janeiro de 2009.


CSI

 

miami (2)
Chegar num porto novo, depois de uma noite de navegação, é sempre uma emoção,
mas quando o lugar é um cenário da sua serie favorita, ai então…
Miami – USA, julho de 2012.


Sob Sol

bahamas (8)Longas viagens oferecem detalhes quando estamos distraídos. Bahamas – Caribe, junho de 2012.


A hora do anjo

 

 

02 Calví (1)

Era para ser azul, mas o sol de verão muda os tons e humores no céu e na terra. Calvi – Córsega – França, agosto de 2006.


É o mar, é o mar, é o mar

 

 

 

 

pontadocorumbau  (13)

Abro as portas para o mar e o amanhecer que inundam meu dia com sol e calor. Ponta de Corumbaú – Bahia – Brasil, novembro de 2007.


Nas águas mansas

 

 

marau (12)

Repousa a tranquilidade e a saudade. Maraú, Bahia – Brasil, janeiro de 2009.


Chega de saudades

marau (7)[7]

Desliza sobre as águas o destino de todos. Maraú – Bahia – Brasil, janeiro de 2009.

 


Lua, lua, lua

 

junholua (1)

Quando de repente, olho distraída, encontro uma lua refletida no meu chão de mar.
Marina Bracuhy – Angra dos Reis – Brasil, junho de 2012.


Impressa na alma

 

PHTO0004
O sol aquece seu corpo,  ás águas azuis inundam  seus olhos de emoção. Crasqui – Los Roques – Venezuela. janeiro de 2006.


Perfeito

DSCN6426
Para quem vive boiando nos mares. A cidade que conquistou minha alma. Gran Canale – Venezia – Itália, setembro de 2011.


Dias de sol

 

itaparica (2)

nos ciclos da marés, no ritmo da vida feliz que a Bahia traduz em  céu e mar azuis. Itaparica – Bahia – Brasil, dezembro de 2008.


Cinza, Azul e Vermelho. Terra, Mar e Pedras

 

regataeldoradobrasilis (37)
Nem palavras, nem fotos, para essa ilha, só uma longa viagem para se preparar para esse destino. Ilha de Trindade – Brasil, janeiro de 2004.


A hora da perfeição

 

 

buzios (19)

É assim quando os elementos brincam  de desenhar. Búzios – Brasil, janeiro de 2009.


Voo solitário

DSCN5922

Sobre rochas,  o que sobrou do Monastero di San Nicola – Isole Tremiti – Itália, julho de 2011.


Acorda o sol no mar

 

saco do ceu (19)

Encontro esse amanhecer delicado, com às cores da manhã quente de verão. Saco do Céu -  Ilha Grande – Brasil, fevereiro de 2012.


O Bem do mar

buzios (13)

“O pescador tem dois amor/ Um bem na terra, um bem no mar/ O bem de terra é aquela que fica/
Na beira da praia quando a gente sai/ O bem de terra é aquela que chora/ Mas faz que não chora quando a gente sai /
O bem do mar é o mar, é o mar / Que carrega com a gente/Pra gente pescar”
Dorival Caymmi – Búzios – Brasil, fevereiro de 2009.


Onde começou

 

 

portosegurovelha (4)

No ritmo baiano, nasceu aqui a primeira vila nas terras brasilis. Porto Seguro – Brasil, novembro de 2007.


Dias melhores virão

 

Caburé (3)

“ Y así pasan los días / Y yo, yo desesperando
y tu, tu contestando/ quizás, quizás, quizás”
Praia Caburé – Maranhão – Brasil Abril de 2010.


Por onde andei

 

bari (26)

Tão grande como deve ser um porto. Bari – Itália, julho de 2009.


Um rastro

 ereikoussa L (1)
Sempre um novo entardecer  – Merlera – Grécia, julho de 2012.


De qual lado é o seu?

 

gargano (14)

Dentro as cores do sol e o mar, na moldura da caverna o mundo inteiro do lado de fora! – Gargano – Itália, julho de 2011.


De pedras e águas

 

 

ilhaanchieta (22)
Numa ilha tropical, um mar transparente, um sol ardente!  Ilha Anchieta – Brasil, abril de 2008.


Um abraço intenso

 

kereon

“Os faróis, alimentam o imaginário coletivo, eles trazem uma dimensão épica que pertence a grandes lendas e erguem um patrimônio em um todo.
Único e inseparável. Os faróis são o símbolo da presença do homem no oceano, eles fazem as pessoas sonharem.”
Marc Pointud, fundador Sociedade Nacional para o Patrimônio de Faróis e Sinalizações na França
Farol Kéréon – França


Um olhar de longe

 

 

nazare (3)Um sol para aquecer o fim de um inverno eternamente frio. Nazaré – Portugal, março de 2012.


Due passi

 

luacheiafev (2)

É assim que eu moro. Marina Bracuhy – Brasil, fevereiro de 2012


Abraço de algodão

 

nazare (1)

Primeiro dia de sol do fim do inverno, até as nuvens vieram tomar banho de mar.  Nazaré – Portugal, março de 2012


O nome da cor

 

 

mardelplata (2)

Diz a lenda que quando os padres jesuítas aqui chegaram e se instalaram no alto do morro,
observavam o mar  todos os dias e era sempre da mesma cor prata.
Assim nasceu Mar del Plata – Argentina, junho de 2006.


As cores da manhã

 

saco do ceu (20)

O mar espelhado nas cores douradas da manhã de verão – Enseada da Estrela – Ilha Grande – Angra dos Reis – Brasil, fevereiro de 2012.